A cura pelo pensamento – Força soberana

Os pensamentos podem ser forças curativas, se saindo de nós secundados pelo amor. Quantas curas têm sido realizadas em todo mundo, pelos pensamentos que, acionando as palavras e as mãos, restabelecem a saúde nos enfermos? A história da humanidade comprova a veracidade de tal fato entre todos os povos, e Jesus Cristo foi o maior pensador do mundo de todos os tempos e o mais fecundo curador de todas as doenças. O Evangelho comprova isso nas narrações dos apóstolos que presenciaram os fenômenos. Ele, o Mestre, fez levantar caídos, andar coxos, caminhar paralíticos e restabelecer corpos danificados pela lepra. Em cera feita, curou dez hansenianos de uma só vez. Ainda mais, curou todas as doenças morais pelos seus mais puros ensinamentos de transformação das criaturas.

Os pensamentos movem certa gama de energias, que a pureza de intenções aciona. De conformidade com a elevação moral das criaturas, elas podem curar enfermos até à distancia, levantar os caídos moralmente e estabelecer esperança em caminhos antes sombreados pela ignorância. Tu, que nos lês, podes curar também; depende da tua disposição de reformar as tuas condições morais, e sintonizar com a Força Soberana, presente no Evangelho de Nosso Senhor. Ele é capaz de te instruir e educar, abrindo-te as comportas da fé, que pode nascer no coração de quem ama verdadeiramente.

Para tanto, deves deixar as aflições inerentes ao ser humano, asserenando a tua mente com a verdade e a educação, silenciando-te diante de todas as ofensas e perdoando os ofensores, amando aos que te apedrejam, e sendo caridoso para os ignorantes, restabelecendo, assim, a harmonia por onde passares e alegrando onde viveres. A cura pelos pensamentos pode ser constante. Pensas sem interrupção e nestes pensamentos existe uma força soberana, capaz de levar ao ponto que determinar a tua vontade, os teus mais profundos sentimentos. Eis aí a oportunidade que tens de curar os enfermos, mentalizando a saúde para todas as criaturas, reunindo fluidos curativos pela tua harmonia interna e irradiando-os em todas as direções.

Quando souberes de um enfermo, lembra-te de que ele é teu irmão. Pede a Deus por ele, visualizando-o com saúde na plenitude de sua alegria, que essas idéias torná-lo-ão curado, pelo poder soberano da tua mente. Confia em ti, confiando em Deus. Restabelece primeiro a tua saúde moral e espiritual, para depois curares aos outros. Não deixes criar em tua mente o impossível nem o incurável. Para o Senhor, que é a Força Soberana, não existe nada contrário às leis que Ele rege e comanda. Observa Jesus, lê o Evangelho e recorda as curas que Ele fazia pelo poder da Fé.

Os Seus pensamentos eram verdadeiros feixes de luz obedecendo à Sua poderosa vontade. Mobilizava o Mestre todas as forças da natureza em favor dos enfermos e comandava todos os reinos em atividade. Nesse porte de Cientista Divino, conhecia todas as ciências e as aplicava juntamente com o amor na sua mais alta claridade. Todas as curas feitas por Jesus nasciam nos Seus puros pensamentos, coadjuvados pelas bênçãos de Deus e assistência dos anjos quando Ele, o Divino Mestre, achava conveniente. Tu que estás lendo, aprimora a tua vida, disciplina teus impulsos, amolda a tua palavra e fortifica o teu coração em Cristo, para que a força mental possa curar todos os enfermos, do modo que eles estiverem.

Não há o impossível para quem tem fé e vive o amor!

error: Este conteúdo é protegido!
Rolar para cima